Limites do pensamento

A Bioquântica, refere-se a quantidades biológicas ou energias contidas em átomos dos seres vivos que emitem energia molecular, atômica e sub atômica. Ainda que parcialmente empírica, a ciência quântica vai aos poucos ocupando espaços até então absolutos da ciência binária. Por exemplo, a visão apresenta detectores óticos de alta sensibilidade, que supera qualquer dispositivo artificial. A retina com suas células fotoreceptoras detecta diferentes espectros luminosos, que só podem ser mensurados pelas propriedades quânticas da luz e inexistentes na visão binária. Em suma, as fotocélulas interpretam as propriedades luminosas, que presentes nos sistemas biológicos, são detectadas pela natureza quântica da luz, na prática, permitirá a criação de dispositivos óticos menos complexos. A constatação do funcionamento binário neuronal, mostra alcance limitado nas possibilidades do cérebro. Por conta, abre lacuna entre a evidência e a atividade binária que passa a ser ocupada pelo limite quântico do pensar. Em vista disso, técnicas de neuroimagem demonstram funcionamento cerebral como um todo orgânico, em detrimento ao acúmulo de processos locais. Resumindo diremos que a experiência consciente passa pela visão quântica na busca da unidade e coerência. A energia solar parece se processar nas plantas e animais, inserida no modelo quântico. Daí, aves migratórias encontrarem neste conceito sua orientação norte/sul a partir de microcristais magnéticos.
Foram divergências relacionados aos fenômenos naturais entre os resultados dos experimentos e teorias propostas, sob o ponto de vista clássico ou binário, que deram espaço ao avanço da visão quântica até então limitada a física quântica. Nas evidências estranhas conseguidas dos fenômenos quânticos se insere o ontológico ou ‘ente’ relacionado a ciência do ser, que nada mais é do que a parte da metafísica que trata da natureza ou realidade dos entes, compreendido aqui, como aquilo cuja existência depende da crença de alguém, concreta ou suposta. O alargamento da evidência quântica decorre ao fato que seu princípio microscópico, têm potencial em gerar o mundo da realidade macroscópica inserido nas propriedades clássicas ou binárias, além do sucesso na previsão de resultados experimentais. Foi o cientista Roger Penrose um dos que utilizaram as relações entre a matemática e os processos físicos não computacionais e a mente humana. Utilizou princípios quânticos de superposição dos estados, inserção de velocidade e posição como elementos não constituintes da realidade, que emergem da indefinição quântica ao lado da rapidez e facilidade da dissolução da coerência quântica na realidade macroscópica.
Buscando compreender as turbulentas águas entre o universo quântico microscópico e a realidade binária macroscópica, podemos expandir o pensamento à realidade dos fatos ou macroscópica dual. Colocaremos como divisor de águas da realidade binária o advento da revolução industrial e em consequência o marxismo. A partir da materialização da computação, a realidade binária se preserva deixando lacunas que permitem o avanço da visão quântica do pensamento na sociedade humana. Tal avanço, visto na biologia e física newtoniana, evoluíu para a compreensão quântica em seus conceitos no micro universo. Nesta premissa, o pensamento binário passa pela complexidade da sociedade, dar espaço ao pensar mais elaborado, não binário, onde se utilizam conceitos quânticos. A compreensão dos princípios do micro universo biológico e sua inserção na realidade macroscópica, permitirá livrar-nos das amarras que escravizam o pensamento humano moderno e suas ações no mundo. Na prática, política do um/dois, toma lá dá cá, dia/noite, esquerda/direita, precisam se repensar.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s