Valores

Bertrand Russel explica que os valores são posicionados fora da ciência ou do conhecimento com ideias entre o bom e o ruim. Neles são expressas emoções sem indicações de verdade suscitando sentimentos. No campo científico, ensina o filósofo, se discutem causas e meios ignorando o falso e o verdadeiro tratados nas disposições éticas. Neste contexto insere a ideia da subjetividade sobre valores discordantes quanto ao gosto, mas não quanto ao gênero de verdade. Quer dizer, as divergências envolvendo valores são do mesmo gênero, mesmo que pensemos o contrário. Em complemento a Russel, Frondizi fala da necessidade de uma base aos valores ou qualidades, como beleza elegância utilidade etc. Conclui, dizendo que os valores apresentam como característica fundamental a polaridade, o que implica na ruptura com a indiferença ordenando-os de forma hierárquica.
Nesta ideia de valores se inserem grupos de pessoas apresentando conceitos em comum, visando alcançar excelência no desenvolvimento individual e coletivo. Trabalham auto-estima buscando satisfação nas tarefas diárias, seja em relação ao indivídual ou ao coletivo. Buscam, analizando as origens, consciência da intensidade de emoções e sentimentos. Procuram relacionar-se ao outro, trabalhando com todos habilidades de comunicação claras e decisivas, concordantes ou não. Além de manter a disciplina nas atividades diárias, modo pelo qual se atinge objetivos, buscam efetividade nas ações evitando adiamentos. Por fim, preservam a privacidade, protegendo desta forma, diversas dificuldades individuais da desnecessária exposição.
A questão envolvendo valores como um todo está em linha com as afinidades que reúnem os seres humanos, levando ao agrupamento em busca de proteção e desenvolvimento. Tal evento, por vezes se confunde com hostilidade ao próximo. É também real entre nós, que a luta pela vida sempre há uns mais outros menos posicionados socialmente, dando margem aos conflitos de valores. Decerto o viver necessita profunda análise individual e coletiva, para livrar o ser humano como um todo, do ciclo de confronto a que está inserido.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s