Duas questões

A Etiópia após trinta anos no vivenciar um desastre humanitário pela fome e seca, manda a notícia que nos últimos anos tem conseguido as mais altas taxas de crescimento do mundo; em torno de 10%. Em paralelo, surge relatório que seu IDH, índice de desenvolvimento humano, pouco mudou na última década, apesar de ser, neste quesito, um dos dez países com maiores ganhos absolutos ou 173º em 186 países, segundo o PNUD.
Outra notícia é que o FMI descobriu que Moçambique escondeu mais de um bilhão de dólares de dívida externa e com isto, amaciou a Instituição por conta de algo mais palatável. Para o país, uma senhora grana de forte repercussão na macroeconomia. A coisa veio à tona, quando a mídia estrangeira descobriu um relatório do Ministério das Finanças moçambicano em que a dívida pública era de 9.5 bilhões de dólares, contrastando com o divulgado pelo governo de 8,1 bilhões. A diferença de 1,6 bilhão são empréstimos não contabilizados da Empresa Moçambicana de Atum, com garantia do governo; quer dizer, um abalo no mercado de dívida.
Por conta de sectarismo religioso, a Etiópia ficou subordinada à hierarquia coopta egípcia até os anos 50 e precisou aguardar o capitalismo chinês investir na construção hidrelétrica em um dos rios que formam o Nilo, com as devidas consequências; alteração no regime de cheias e grave tensão na política externa. Em paralelo, o grande crescimento obtido não mostrou melhorias significativas do IDH, em miúdos, dificuldade em quebrar o ciclo de pobreza crônica. Outra questão, má gestão econômica, com modelos geralmente oriundos da colonização. Moçambique, viu por bem, maquiar a dívida pelo seu descontrole na gestão, corrupção e clientelismo. Isto mostra que as ações praticadas são insuficientes para romper o ciclo de miséria, promíscua à tensões político militares internas e externas. Um conjunto de artimanhas perversas, colocando miséria e ignorância como atores principais.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s