Intermináveis conflitos

Estudo publicado pela revista Nature elaborado no MIT e Universidade de Loyola sobre as condições climáticas do Golfo Pérsico, destaca a baixa profundidade, a intensidade solar e poucas medidas de mitigação, como condicionantes nos impactos do aquecimento global, ocasionando provável inabitabilidade humana. Por modelos climáticos, concluiram que muitas das cidades da região poderiam superar o ponto de inflexão da sobrevivência humana, até mesmo em áreas de sombra e adequada ventilação.
O banco Mundial no estudo “Adaptação às mudanças climáticas no Oriente Médio e Norte da África”, explica que temperaturas altas e menos chuvas, aumentarão a prevalência de secas e escassez de água. O agravante desta situação é a grande dependência agrícola ocasinando uma maior vulnerabilidade às mudanças. Outra questão importante é que em zonas urbanas costeiras, uma população de vinte e cinco milhões de pessoas e a atividade econômica ficariam expostas à inundações. Agravam a questão, ondas de calor, piora na qualidade da água e a formação de ozônio à níveis do solo danificando a saúde em geral. Quanto ao nível do mar, sua elevação se fará notar em 24 cidades do Oriente Médio e 19 da África do Norte, com graves consequẽncias econômicas. Satélites examinaram o avanço do mar entre 1991 e 2005, concluindo-se que no Mediterrâneo, o nível se eleva em 8mm, enquanto no geral, são 3mm. Como exemplo, Alexandria aumentando 0,5m o nível do mar acarretaria prejuízo de 35 bilhões de dólares.
Consideremos que o consumo de água se multiplicou por cinco, dos quais 43 bilhões de litros para uso doméstico e industrial e 187 bilhões para agricultura. Há que se notar que a escassez de água gera insegurança e conflitos por conta da dependência na atividade agrícola. O Instituto de Recursos Mundiais (WRI) produziu uma classificação com modelos climáticos e cenários econômicos de stress hídrico em 167 países, em 2020, 2030 e 2040. Em 2025, até 100 milhões de pessoas sofrerão stress hídrico, em 2040, 33 países estarão nestas condições, todos do Oriente Médio. Diante este quadro os envolvidos sabem que, unidos e dialogando entre si, será complicado conter a situação, que dirá, sob tutela das armas nos intermináveis conflitos. Certamente morte anunciada.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s