Cidades e crises

Saskia Sassen criou nos anos noventa o conceito de cidades globais, que no compto geral, dependem menos do comportamento do mercado doméstico nacional e com menores efeitos, quando envolvidas em crises nacionais ou globais. Como exemplo, Londres, Paris, Tóquio, Madri, Barcelona e Nova York, que se saiu relativamente bem, na última recessão americana.
Estudo sobre Comparação da Competitividade Europeia, envolvendo 159 cidades em 26 países da União, constata que a globalização vem acompanhada por processo de localização, via aumento do poder econômico e político das cidades e das regiões a que pertencem. Segundo o estudo, as economicamente mais bem sucedidas, agem de forma independente das economias nacionais competindo a nível internacional, e nas crises, sofrem menos efeitos em relação as demais. No caso europeu, as mais competitivas estão no norte e centro, França, Reino Unido, Dinamarca, Suécia e Alemanha Ocidental. Dubiedade enfrentam Itália e Espanha com boas localizações para Madrid, Barcelona, Milão e Roma, e demais com posições na parte inferior da tabela, como Córdoba na Espanha e Caserta na Itália; só alguns exemplos. Em suma, as piores localizadas estão na Europa Oriental.
Olhando do presente, diríamos que o futuro aponta às mega-cidades importadoras de energia e alimentos, com uma estrutura de manutenção da vida em necessária evolução. Colocados numa fictícia balança de poder, decerto este penderia para o lado dos serviços, negócios financeiros em geral, em detrimento à importação de energia e alimentos; em miúdos, o poder estaria com as corporações, bancos e bens de serviços em geral, pagando energia cada vez mais necessária e alimentos cada vez mais trabalhados. Concluindo, as mega-cidades trilham o caminho da autonomia adquirida pelo acúmulo de poder, competitividade e concorrência entre elas. Talvez hoje, uma sinalização do futuro!

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s