Ciência e fé

A vasta história dos Jesuítas suscita a ideia de encontrar Deus em todas as coisas, colocando-os na fronteira do debate entre fé e justiça. Por esta ótica, reconciliar a humanidade com a natureza, consigo mesma e com Deus passa pela investigação científica. A ciência visa conhecimento como instrumento ao bem da humanidade e propagação da fé; este, parece ser o caminho Inaciano. Desde de sua fundação em 1540 até a supressão em 1773, formaram em colégios e universidades uma lista de 361 pesquisadores. Ressaltemos ainda que, em paralelo aos primeiros colégios jesuítas, surge a chamada revolução pela ciência moderna de Copérnico Galileu e Roger Bacon. Na China, lideraram o Observatório Imperial e na América recém descoberta, navegaram do Mississipi ao Amazonas construindo colégios e mapas; vide entre nós José de Anchieta.
Com a restauração da companhia em 1814 criaram uma rede de 70 observatórios, com destaque a Pierre Teilhard de Chardin unificador da ciência filosofia e mística. Sua maior preocupação foi integrar o pensamento cristão, via ciências, no mundo em evolução. Preservando a autonomia científica, separou-a da espiritualidade e reflexão religiosa. Buscou coesão entre a visão racional e científica do mundo, não mencionando nenhuma questão religiosa em seus artigos científicos. Ao tentar entender a natureza da matéria não pensou em suas partículas mais elementares, e sim, na evidência da existência de consciência no homem. Na ideia de centricidade, procurou entender a capacidade de evolução da matéria em formar sistemas centrados, em unidade, e cada vez mais complexos. No conceito de “Biosfera” defende que o aparecimento e a evolução da vida na terra formaria um manto de novas características.
Escolhendo integrar o carácter evolutivo do universo ao papel do cristianismo, Chardin, visa desenvolver coerência entre fé e ciência convergindo ao futuro da humanidade. Uma face sincera da necessidade humana pela verdade!

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s