Breaking Bad

Em ‘Violência Virtuosa’, Alan Page Fiske e Tage Shakti Rai desenvolvem a ideia que a maioria dos atos violentos seriam fruto do desejo de se fazer o bem, onde o ator concretamente o percebe como correto. O termo “Síndrome de Breaking Bad,” surgiu na tv americana e acabou classificando o evento acima, cujo protagonista, após diagnóstico de câncer passa a produção clandestina de cocaína, e por conta do meio, acaba por obrigar-se a matar visando assegurar tratamento e futuro familiar. Fiske e Rai analisando estudos mundiais sobre violência, concluem que na maioria dos casos sem importar o contexto social ou cultural, quando se comete violência física, há o conhecimento do correto e necessário. O agressor pretende que a vítima pague por alguma maldade cometida, como querendo ensinar alguma lição ou inculcar obediência, modificando alguma relação que não se pode mudar por outro meio. Segundo os autores, pessoas que maltratam filhos e esposas parecem convencidas de fazerem o correto; com as óbvias exceções dos psicopatas.
Esta polêmica introdução nos leva ao gabinete das Nações Unidas para Drogas e Crimes, colocando cinco países latino americanos no topo de homicídios do mundo em número por cem mil habitantes. São 157 mil vítimas num total de 437 mil mortes violentas na América Latina ano passado excluídos suicídios e vítimas de guerra. A coordenadora do estudo Ângela Me, explica que tal decorre da prevalência do crime organizado onde “a taxa das mortes relacionadas a ele na América Latina é 30% superior ao resto do mundo;” epidêmico pela ótica da OMS. Honduras, El Salvador e Venezuela são os mais perigosos e violentos do mundo, com o detalhe que em El Salvador dispararam. A Venezuela apresenta uma média de 68 homicídios por dia ou 82/100 mil habitantes, Honduras com 90,4/100 mil, El Salvador com 41,2/100 mil, Colômbia, mesmo em guerra apresenta 30,8/100 mil.
Parece que nós latino americanos vivemos um ciclo de aprisionamento pela violência organizada como forma de buscar dinheiro e poder, englobando os mais variados setores da vida social e política, sem importar os malefícios que isto nos acarreta. Nos livrarmos desta cilada decerto levará outros tantos anos de dor e sofrimento.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s