Soneto e emenda

O Haiti, país pobre da América Central, possuía um exército que dava suporte aos governos, em troca, exercia pressão sobre os mesmos transformando-os em reféns. A força armada manteve ditadores no poder por tempo indeterminado, dando ar de estabilidade e efetivamente apoiada por governos mais fortes interessados em tapar o sol com a peneira, desconsiderando efeitos colaterais que pudesse advir desta prestação de serviço.
Certa feita, um presidente democraticamente eleito achou que a força dos votos seria suficiente para sustentá-lo e libertá-lo do jugo militar que já se fazia rotina, sonhando com a vizinha Costa Rica que dele abdicou em 1947. Numa penada matinal colocou todos na rua, acabando com a força armada regular num país sem tradição democrática e acostumado a resolver tudo no grito. O resultado foi que viraram bandos, quadrilhas armadas, fazendo o que sabiam quando remunerados pelo estado, agora sob o jugo da livre iniciativa nas favelas e becos de Porto Príncipe. O que era força regular ou uso da violência organizada, transformou o país da América Central num barril de pólvora.
Convenhamos que forças armadas são criadas visando defesa nacional, o problema é que no terceiro mundo, em alguns casos, colocam a sociedade como refém para que sob seu jugo e a alcunha de segurança interna manter cabresto social. A coisa é tão forte que a Costa Rica num universo de nações, talvez seja a única a sobreviver incólume e sem aparato militar ao ciclo ditatorial nas Américas, apesar de ameaçada recentemente por Ortega da Nicarágua. A América Latina ainda falta se libertar das amarras do autoritarismo e da ideologia para, aí sim, poder se libertar do jugo da pobreza e ignorância.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s