Transição e futuro

Questiona-se a ideia do BRICS não ter aproveitado a oportunidade de se afirmar como emergente em relação a Europa e Estados Unidos. Colocaremos como marco histórico a queda do muro de Berlim pelo fim do comunismo, dando força à ilusão vitoriosa do capitalismo.
Convenhamos que Rússia e China não tinham um segmento capitalista, portanto seu pessoal teria que se originar na oligarquia comunista; observemos governantes e mega milionários que lideram este setor nestes países. A Índia continua como um sistema de castas, com a grande questão islâmica, já que por lá islamismo teve função libertadora. Além do que, por questões antigas, o governo não é para todos apesar de aclamada como maior democracia da terra.
A África do Sul vivenciando um sistema racial branco também não possuía pessoal negro qualificado ao poder, estando aí, o grande mérito de Mandela que diferente de Mugabe, evitou uma caça às bruxas com o expurgo branco até que negros fossem formados e ocupassem funções governamentais. Convenhamos que a democracia por lá ainda demorará, pois o segmento branco estabelecido ainda leva algum tempo convivendo com negros de forma desigual,  com o mérito de manter o pais unido evitando o separatismo.
O Brasil como toda a América Latina pós ditadura também não possuía segmentos de esquerda com experiência em governo, salvo casos como o do Rio de Janeiro. Só chegaram ao poder verdadeiramente com Lula, que pelas raízes sindicais, buscou atendê-los inflando o setor automotivo. Tal modelo agora evidencia-se como de difícil administração, com impasse na imobilidade urbana e energia fóssil; sair dessa será dureza.
O BRICS está em transição parecendo ilusória a posição chinesa como economia líder. Espera-se que por conta dos desafios naturais acima dos econômicos, o enfrentamento aos danos causados seja de forma não ideológica. Por fim, resta o desafio de como evoluir um modelo que prioriza acumulação econômica e buscar a transição energética comprometendo o máximo de segmentos sociais.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s