Estado e sociedade

Quando da reunião dos membros do Comité Central do PC chinês para discussão do esgotado modelo, vêm à tona, demandas de toda a sociedade sobre este “representativo” colegiado. Constata-se que a atual situação criou desigualdades mil, descontrole da poluição e corrupção generalizada; sem falar do forte lobby exercido pelo novos tecnocratas das multinacionais estatais que acabaram tornando-se um poder paralelo ao Comité; verdade seja dita.
O Comité sabe que as reformas encontrarão interesses corporativos empresariais, estatal e de autoridades provinciais (os governadores daqui). As demandas vão desde reformas sociais como a autorização aos agricultores venderem suas terras e a supressão do “hukou”, ou visto de residência, que veda o acesso de quase 300 milhões das zonas rurais às cidades. Esta licença acaba mantendo fora dos serviços públicos de saúde e educação esta parcela da população. Outra demanda agrícola importante é a grita por subsídios à compra de sementes e mais ajuda nas fortes secas regionais, considerando o aumento do abismo entre a vida no campo e cidade que salta aos olhos por lá. As reformas devem buscar menos dependência à exportações e mais investimentos em infraestrutura como nos fala o professor Cheng: “O governo parece estar ansioso em manter um certo equilíbrio político, apaziguar a esquerda e a direita, sem reunir a determinação para promover reformas políticas.”
A tensão entre o campo e meio urbano também aparece em tom elevado na socialista França, com protestos na Bretanha contra medidas que penalizam a agricultura pleiteando menos impostos e mais apoio as empresas com suspensão das demissões, colocando lado a lado, pasmem, patrões e empregados. Em Quiper pediram a anulação do imposto ecológico visando compensar o desgaste ambiental provocado por veículos pesados que acaba prejudicando o transporte alimentar.
Como podemos notar, a luta envolvendo campo e cidade é antiga sofrendo nuances de seu tempo, como a atual em que o poder de organização e reivindicação é maior, decerto, aumentando o nível de tensão entre estado e sociedade.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s