A experiência sueca

Quando uma decisão superior acaba por tornar-se padrão gerando toda uma cadeia de decisões semelhantes, chamamos jurisprudência; em outras áreas, decisões proclamadas são chamadas de protocolos. Com o advento da globalização e consolidação da internet, passou a imperar um modo particular de administração bancária disseminada pelo mundo, e segundo críticos, causador da crise de 2008.
A experiência do banco sueco Handelsbanken com sede em Londres, parece na contramão do modelo ora vigente. Seu diretor executivo Anders Bouvin não recebe bônus anuais e nem de mercado. Diante este fato, nos diz que o segredo está no longo prazo. O referido banco nunca foi multado por forçar seus empregados a promoverem produtos inapropriados. Associado ao foco no longo prazo, vem a descentralização que acabou por livrar a instituição das multas, crises da dívida e terceirização de serviços. Diante esta política, Bouvin afirma que os ganhos em 2013 alcançaram mais de 1,6 bilhão de dólares, graças ao localismo e atenção ao cliente.
O localismo, antítese da automação, implantado nos anos 1970, veio à reboque de uma política de longo prazo promovendo crescimento orgânico, utilizando ganhos e não dívidas, para abrirem novas sucursais. Outro fato foi a ausência de campanhas publicitárias como diz Bouvin: “nossos clientes não se sentem melhor por lerem o nome do banco numa camisa de clube futebol ou espaço publicitário de ônibus”; conclusão: redução de gastos e aumento de lucros. Finalmente o banco investe na devolução de ganhos aos empregados mais antigos após os 60 anos, dentro da ideia de longo prazo e lealdade à instituição; alguns chegam a ganhar 2,3 milhões de dólares. O banco cresce em ritmo mais acelerado pois segundo seu diretor as perdas de 2008 relacionada a outros bancos, não foram significativas pela estratégia adotada na instituição. Como vemos, nem todo protocolo parece o caminho mais correto a ser trilhado, sempre há alternativas.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s