Com a palavra, o futuro

Nota relevante dada por Willian Durbin da Wood Mackenzie, avisa que em 2020 o carvão com 4,5 bilhões de toneladas será o combustível mais consumido no mundo superando o petróleo com 4,4 bilhões de toneladas; a culpa será da China com dois terços no incremento da procura e Índia, fortalecendo a idéia de que os emergentes estão menos propensos a sacrifícios pelo ambiente.
Outra interessante diz que a Rússia via Gazprom, Neft e Surgutnetegas superou os sauditas com uma produção de petróleo de 10,59 milhões de barris/dia ou 44,7 milhões de toneladas; para alcançar essa meta, o governo promoveu insenções de impostos cuja produção de petróleo e gás equivale mais da metade de sua arrecadação. A coisa parece seguir em frente pois o South Stream ou gasoduto russo continua avançando através da Europa, e na Bulgária, começa a construção que levará gás mais ao sul e centro do continente. No fim do ano deverão começar as obras através da Sérvia e posteriormente Hungria, além de acordos na Grécia Eslovênia Croácia e Áustria.
O fim da URSS com mudança de regime nos mostra que não foi uma vitória do capítalismo ocidental mas um grande alívio aos russos, que se livraram do nó em que se meteram no leste europeu. De satélites submissos e subsidiados economicamente falidos e deficitários, passaram a clientes à preço de mercado na maior riqueza russa, isto é, petróleo e gás. O futuro via petróleo chegou com seus bônus que acabam por favorecer aos russos. Em contrapartida, acessam um capitalismo envolto em equívocos via desregulamentação do mercado e a cilada dos títulos americanos com os chineses. Criou-se um verdadeiro nó aos dois gigantes em que um sem energia para suportar sua grande população, e o outro, endividado por equívocos militares no controle da produção islâmica do petróleo. Mais espetacular ainda foi que tudo aconteceu com a queda do muro alemão libertando do imbróglio armamentista nuclear. O tempo sempre tem razão, e nesta, parece que os herdeiros de Lenin aproveitaram melhor que americanos o abrandamento da guerra fria. Continuemos acompanhando a vida como ela é.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Com a palavra, o futuro

  1. DVH Advogados disse:

    Republicou isso em DVH Advogadose comentado:
    E o carvão do Rs ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s