Verde multiuso

Está em andamento em Lima capital do Peru o conceito de Parques Zonais, que consistem em áreas verdes com serviços considerados não poluentes. Dentre tais serviços, estão quadras poliesportivas, piscinas, ciclovias, mini estádio e centro cultural localizados em bairros desta capital. Segundo José Garcia, chefe do serviço de Parques de Lima, “a diferença entre Parques Zonais antigos e modernos é que os novos contam com anfiteatro, biblioteca, ludoteca, sala multiuso, auditório e museu para exposições artísticas”. Trata-se da evolução do conceito verde multiuso, que deve ser tendência para grandes centros, considerando que hoje temos 2mts quadrados de área verde por habitante enquanto deveriam ser 8mts.
Pra terminar; cientistas indianos depois de muito queimarem as pestanas, chegaram a conclusão que há uma relação entre o fluxo de um rio e sua concentração de oxigênio. Continuando, dizem que ao se construírem hidrelétricas, estas diminuem a velocidade da água, diminuindo também a concentração de oxigênico, além de, pelo baixo fluxo, favorecerem a reprodução de mosquitos e bactérias. Mais lenha na fogueira.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s