Novamente a Monsanto

A semente transgênica da Monsanto “MON-810” foi proibida na Bélgica, Inglaterra, Bulgária, França, Alemanha, Irlanda, Eslováquia e Polônia, consequente a protestos de apicultores e ativistas, por considerarem que o pólen seria devastador à população de abelhas. O ministro da agricultura da Polônia Marek Sawicki disse: “O pólen procedente da cepa poderia ser devastador à população de abelhas que se reduziu no país”.
Paralelamente o governo americano promulgou a Lei financeira de prazo limitado conhecida como “Segurança Agrária”, que protege as grandes companhias produtoras de sementes transgênicas ante qualquer pleito que se apresentem à venda de seus produtos; inclui nesta, a Monsanto. Com isto, os tribunais americanos estão impedidos de deterem a venda e produção de produtos genéticamente modificados; esta lei é de autoria do senador Roy Blunt, que segundo o diário New York daily News, colaborou com a Monsanto na redação do projeto. Nos EEUU, não pode ocorrer o impedimento da sepa “MON-810”.
Na contramão americana estão os franceses, principalmente em relação aos pesticidas da Monsanto, cujo sistema de seguridade social encontrou em torno de “200 efeitos adversos danosos para o ser humano no meio ambiente, desde 1996, relacionado as pesticidas da Monsanto” segundo a mídia.
Como bem podemos observar, os transgênicos podem ser danosos à saúde humana ou a populações de animais que participam da biodiversidade, portanto, necessitando de uma fiscalização isenta e não apaixonada, aceitando o que for bom e rejeitando efeitos danosos; sem generalizações. Outra questão que precisa ser evidenciada é que o lobby político íntimamente relacionado à corrupção financeira, pode influir negativamente na produção de leis que permitam a imunidade a produtos danosos como pesticidas e transgênicos; isto é muito forte nos EEUU e parece adquirir força entre nós brasileiros.
A boa notícia sobre o caso em questão é que a proibição acima descrita, é fruto da mobilização madura e com base, de ambientalistas e agricultores que vindos da Polônia, convenceram os demais parceiros europeus. Coisas boas e ruins fazendo nosso dia a dia.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s