Sucesso, Fracasso e Adaptação

Surgiu recentemente a noticia que Matt Stutzman americano que nasceu sem os braços e que consequente a esta dificuldade desenvolveu a habilidade de praticar arco e flexa usando as pernas e os pés. Segundo alguns especialistas a habilidade de Matt decorre ao fato de que os pés e pernas pela maior massa muscular favorece a prática deste esporte. O segundo fato é que pela deficiência física o atleta desenvolveu forte determinação conferindo a ele vantagem emocional e mental; o resultado é  que conseguiu entrar para a equipe olímpica americana que irá disputar vaga nas Olimpiadas de Londres em 2012.
No livro ‘Adapt – Why Success Always Starts with Failure’ Tim Hartford analiza os temas econômicos inseridos no cotidiano, nos levando a ideia de que todos os acontecimentos que se passam ao nosso redor, de alguma forma, estão dentro das leis da economia.
A base da experiência é que somente através da experimentação, qualquer atividade seja ela de grande magnitude ou de pequena envergadura, pode ser desenvolvida com planejamento sendo aplicado de forma evolutiva e metódica. Baseados nesta metodologia aparecem três características num plano de adaptação:
1) Manutenção de numerosos experimentos ao mesmo tempo para que estejamos abertos as várias possibilidades e oportunidades.
2) Cada experimento deve ser de tamanho limitado evitando assim que em caso de fracasso não comprometa de forma definitiva o todo.
3) Devemos introduzir formas de medição buscando descobrir o que funciona e o que não funciona.
O que tem a haver a deficiência fisica de Matt Stutzman com a metodologia de Tim Hartford? A resposta é simples: as leis econômicas que são utilizadas por Tim, são na verdade, leis naturais que foram desenvolvidas num contesto de economia, mas que servem muito bem para todos os campos da existência humana. Portanto, o caso acima descrito é uma experiência desenvolvida em consequência ao fracasso, isto é, uma deficiência ao nascer, que as custas de muita determinação e experimentação foi encontrando o melhor ponto de adaptação positiva, cujo resultado deixa o melhor dos mortais em condições de desvantagem.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s