Escolhas

As eleições americanas são complicadas sob o ponto de vista da democracia, sendo até indiretas, pois lá não se vota no candidato a presidente e sim em quem os elege. Portanto são os delegados que votam em uma eleição meio indireta, e no caso dos partidos, estes delegados são escolhidos na convenção primária em que os eleitores filiados escolhem o candidato do partido a presidente. É verdade que este tipo de eleição, possibilitou que Bush na primeira vez tivesse menos votos que Al Gore e se tornasse presidente; mas foi graças a este sistema que Obama conseguiu vencer Hillary Clinton que entrou na disputa praticamente ganha, e durante a campanha, foi revertida terminando com a vitória do candidato negro com o lema “Sim, Nós Podemos”.
A mudança americana realmente não foi só pelo sistema eleitoral, outros fatores a influenciaram, sendo que teria sido impossível se lá fosse como aqui, onde os caciques do partido escolhem os candidatos aos cargos, tornando-se com o tempo, donos das legendas e impossibilitando a renovação.
Penso que aí está a grande explicação da não renovação política brasileira, pois os partidos têm dono e eles determinam seus candidatos que são escolhidos em convenções por meio de um jogo de cartas marcadas. Fato é que nos EEUU também o poder econômico influencia, como no caso de Hillary, mas o respeito ao voto obedecendo a escolha da maioria foi o fator determinante na escolha de Obama; portanto democrática.
Por que na terra de Cabral não se estabelece um sistema de escolha intrapartidário através de eleições primárias, abertas a qualquer filiado de um determinado partido? Será porque aquelas pessoas que estão labutando no dia a dia dos bairros e favelas teriam mais chances de vitória nas primárias, falo em primárias para todos os cargos, de vereador a presidente. Se por ventura acontecesse, talvez diminuisse a tão propalada legenda de aluguel ou caciques políticos, vulgo donos de partidos, e quem sabe, começaríamos um processo de renovação tão necessária neste país. Não seria mais democrático? O problema é transformar isto em prática aprovando estas regras em nosso legislativo.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s