O Mar Negro

O mar Negro parece uma amostra do que acontece com os oceanos decorrente à ação humana. Nada mais nada menos do que 17 mil espécies marinhas estão afetadas pela pesca sem controle e descarga de defensivos agrícolas através de águas residuais.  Segundo Marta Coll do Instituto de Ciências do Mar de Barcelona, “provavelmente, estas ameaças vão aumentar no futuro, em especial as associadas às alterações climáticas e à degradação do habitat.”
Outra questão interessante que pouco damos importância por aqui, é que um censo de vida marinha revela que mais de 600 espécies autóctones invadem o mar Negro  através do mar Vermelho e canal de Suez. Um exemplo típico é o caso da medusa Mnemiopsis leidyi que chegou de barco procedente do noroeste do Atlântico se expandindo de Israel até a Espanha. Observa-se que na década de 80, causou no Mar Negro o colapso da população de enchovas com graves consequências econômicas, sem falar as ambientais. Lembrando que muitas espécies marinhas autóctones prosperam em águas mais frias decorrentes ao aquecimento destas águas e causando o desequilibrio acima. Bhavani Narayanaswamy nos alerta que “Entre as espécies mais ameaçadas do Mediterrâneo incluem-se os corais de águas frias e profundas. São incapazes de escapar ao aquecimento da água e, por isso, as suas populações estão diminuindo”.
No caso específico do Mar Negro, o Instituto de Investigação Marinha de Bucareste avisa que o esturjão é o peixe mais ameaçado junto aos que tem habitat em águas costeiras pouco profundas como o pregado e o tubarão. Lembramos que focas, camarões, ostras e várias espécies de plantas já desapareceram do Mar Negro. Além do dano ambiental irreparável, ocorre um reflexo econômico bem evidente: como exemplo, citamos que na década de oitenta pescavam 15000 toneladas de peixe passando para 500 toneladas em 2008.  Ao que parece nosso imenso oceano Atlântico sofre dos mesmos problemas; é só para lembrar.

Anúncios
Esse post foi publicado em geral e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s