Arquivo do mês: junho 2010

Desenvolvimento não sustentável

O Mar de Aral constitui um lago terminal formando fronteira natural entre o Kazaquistão e o Uzbequistão. Era o quarto maior mar interior da Terra com 66.1 mil quilômetros quadrados sendo suas águas renovadas e alimentadas pelos rios Amu Daria … Continuar lendo

Publicado em geral | 1 Comentário

O Pensamento

Os Atenienses ilustres não duvidam que o pensamento é um derivado do diálogo erótico, no seu sentido mais literal. Melhor, a associação entre um corpo a conquistar como uma fortaleza e o voo metafísico é, para Platão, a própria imagem … Continuar lendo

| Deixe um comentário

Antuérpia

Sem generalizar mas tentando exercitar o que poderia aflorar como uma tendência, sem evidentemente achar que o passado se repete exatamente de forma igualitária, guardando as distancias de tempo e o espaço, vai aqui uma tentativa. Todos sabem que a … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Caminhada

Na terra, tudo vive num fluxo contínuo. Nada conserva uma forma constante e segura, e as nossas afeições, que se prendem às coisas exteriores, passam e, como elas, mudam. Sempre à nossa frente ou atrás de nós, elas lembram o … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

A Verdade e os Deuses

“Se vamos então tratar dos fenômenos do alto, das leis que regem os movimentos do sol e da lua, e que governam todas as coisas da terra, falta-nos ainda e sobretudo como meio de um método penetrante, investigar a formação … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

A Equação de Drake

A Equação de Drake consiste numa tentativa de estimar o número de civilizações extraterrestres em nossa galáxia que poderíamos entrar em contato, o que permitira quantificar a incerteza dos fatores determinantes do número de civilizações extra terrestres. Drake usou um … Continuar lendo

Publicado em geral | 5 Comentários

Especialidades Científicas

Imagine-se uma árvore que represente o desenvolvimento das especialidades científicas modernas desde as suas origens comuns, ou seja, da filosofia natural primitiva e dos ofícios. Uma linha subindo por essa árvore acima, nunca se voltando para trás, do tronco para … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário