Arquivo do mês: março 2010

Trocando Chimarrão por Cachaça

Um recente episódio da história contemporânea brasileira nos leva ao Rio Grande do Sul, quando nosso presidente em evento político, dirigiu-se ao ex ministro da Justiça Tarso Genro e candidato ao governo deste estado, convidando-o a trocar o costumeiro chimarrão … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Subjetivismo Ético

Se o subjetivismo ético [ou moral] não é verdadeiro, porque razão se sentem algumas pessoas atraídas por ele? Uma das razões tem a ver com o fato de a ciência fornecer o nosso paradigma de objetividade, e quando comparamos ética … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Negociação e Chantagem Política

Negociação consiste na ação ou efeito de negociar ou entendimento bilateral, enquanto chantagem, consiste na tentativa de extorquir dinheiro ou vantagem sob ameaça de ação que desabone uma das partes, tratando-se na verdade de ação de força, por vezes desabonadoras. … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Devaneios

Fecha os olhos e recorda a glória antiga. Um grito de criança. O general baixa os olhos. No jardim, o bisneto brinca com os pedregulhos do chão. Seus cabelos louros estão incendiados de sol. O general contempla-o com tristeza e … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Ciência e Filosofia

Em 2004 afirmei que a origem da vida não pode ser explicada apenas a partir da matéria. Os meus críticos responderam anunciando triunfalmente que eu não tinha lido um certo artigo aparecido numa revista científica ou que não estava a … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Pigmalião

Conta a lenda que Pigmalião rei de Chipre, cansado de tantos desamores, jurou não mais casar-se, não ter mais nenhum relacionamente amoroso; seguro de seu ponto de vista, começou a modelar uma estátua de mulher chamada Galatea. Seguindo em seu … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário

Reflexão de Adriano

“A vida é atroz; sabemos isso. Mas precisamente porque espero pouco da condição humana, os períodos de felicidade, os progressos parciais, os esforços de recomeço e de continuidade parecem-me outros tantos prodígios que compensam quase a massa enorme dos males, … Continuar lendo

Publicado em geral | Deixe um comentário